Mostrando postagens com marcador turismo em londres. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador turismo em londres. Mostrar todas as postagens

Compra de Eletrônicos


Antes de mais nada, gostaria de avisar aos caros turistas que os preços de eletrônicos na Inglaterra não são tão baratos como nos Estados Unidos, alguns itens aqui chegam a custar o dobro de lá, mas mesmo assim, ainda são mais baratos do que compra-los no Brasil.
Londres já teve uma rua inteira só de lojas de eletrônicos, porém, a grande maioria delas não conseguiu competir com as lojas on-line e fecharam. Hoje, quem quer comprar eletrônicos pessoalmente deve ir mesmo a um Shopping Center como o Westfield (http://uk.westfield.com/london) ou a uma boa loja de departamentos como a John Lewis (http://www.johnlewis.com/electricals/c500001?rdr=1), Harrods (http://www.harrods.com) ou Selfridges (http://www.selfridges.com/en/home-tech/technology/?llc=sn).
Uma boa opção também é ir em uma das lojas da Currys, esse sim, tem quase tudo que vc possa estar procurando. Há lojas da Currys por toda Londres, entre no site e procure pelo post code qual é a mais próxima de você.
Para compra de computadores e periféricos, uma excelente opção é o site eBuyer (http://ebuyer.com/), esse tem preços campeões, porém você vai ter que pedir online e aguardar a entrega, que não demora mais do que 48 horas. O lado negativo é que você não vai poder pedir o formulário do Tax Back.

A Amazon é sempre uma excelente opção também, porém, assim como no eBuyer, você não vai poder pedir o formulário do Tax Back.
Quando você estiver a turismo aqui e for realizar suas compras, não esqueça de pedir o formulario do Tax Back (imposto de volta) (VAT = 20%), assim você poderá obter de volta em torno de 12% do valor do ítem quando estiver saindo da Europa.

Dicas de Turismo em Londres

Chegou em Londres e quer ver o que há de mais interessante? Recomendo imediatamente a você pegar o ônibus de turismo chamado Original Tour, custa £25 para adultos e £12 para crianças. Ele passa por todos os principais pontos turísticos de Londres, e ainda tem a vantagem de você poder descer em qualquer destes lugares, voltar e pegar o ônibus novamente pois eles são circulares e são varios. Acesse o site para mais informações! Recomendo mesmo!
Eu pessoalmente recomendo reservar pelo menos 5 a 7 dias para conhecer Londres, o ideal mesmo seria 1 ano! Viver todas as estações do ano, pois cada uma delas transforma essa cidade!
Existem milhares de opções para conhecer e aproveitar o que essa cidade milenar tem a oferecer: fantásticos museus gratuitos, parques urbanos como o Hyde Park, o Regent's Park e o Richmond, teatros com espetáculos da Broadway, galerias de arte com obras dos mais famosos artistas da humanidade, pubs históricos como o The Churchill Arms onde o ex primeiro ministro Churchill costumava beber com os amigos, cafés. shows e concertosfeiras de rua ricas em objetos curiosissimos, mercados imperdíveis como o de Borough Market as sextas-feiras e sábados, livrarias com livros a preços incomparavelmente mais baixos do que no Brasil.
Claro, a maioria das coisas querer dinheiro, mas nada que vá deixa-lo(la) de carteira vazia! De qualquer forma, há muitas alternativas gratuitas como por exemplo, os museus, que são praticamente todos de graça (eu particularmente recomendo o Victoria & Albert, o Museu de Historia Natural e o Museu de Ciência e Tecnologia em South Kensington)!
Uma dica extra vai para aqueles que realmente gostam de explorar o lugar ao máximo, ao espirito Indiana Jones! Aqui vai a dica, SECRET LONDON, acesse http://www.secret-london.co.uk, esse site você te ajudar a encontrar diversas curiosidades sobre Londres, ruas escondidas, lugares extintos, pubs "secretos", todo tipo de curiosidade que uma cidade milenar como Londres tem a oferecer! Aproveite! cada esquina de Londres tem uma história para contar!
Dica 1: Para obter extra informações turísticas sobre Londres e redondezas, visite o London Tourist Information Centres, há vários espelhados por Londres, vale a pena. 
Há também um ponto novo e localizado da famosa praça de Leicester Square, (lê-se Leister Square), é o London Information Centre, aberto diariamente das 8h-12h apenas. Existem ainda mais dois outros postos de informações, um fica próximo a catedral de St. Paul's aberto seg/sáb das 9h30-17h30, e o outro na estação de St. Pancras, onde fica o Eurostar.
Dica 2: Como todos sabem, Londres foi e continua sendo uma cidade onde grandes personalidades moraram ou ainda moram, além ter sido local de eventos que mudaram a história.
Em 1986 nasceu a idéia de se instalar uma placa azul, em inglês, blue plaque, em todos os espaços públicos para celebrar a ligação entre aquele local e uma pessoa ou evento famoso.
Andando pelas ruas de Londres você poderá encontrar em diversos locais, principalmente em casas as famosas placas azuis, indicanco por exempo "Mahatma Gandhi 1896-1948 lived here as a law student". Alguns desses locais estão abertos para visitas, outros não, são hoje propriedade particular de alguém.
Se você se interessa pelo assunto e quem sabe gostaria de conhecer o lugar onde alguma personalidade que você admira morou, trabalhou etc, essa é uma boa oportunidade!A lista das Blue Plaques com seus devidos endereços você encontra no seguinte site: http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_blue_plaques
Boa caçada!

Guia London A-Z


Uma das primeiras coisas que eu fiz quando cheguei em Londres foi comprar o famoso guia London A-Z, é um pequeno livrinho contendo o mapa de todas as ruas da cidade, naquela época não existia smartphone, Google Maps era algo que ainda estaria por vir. Não por causa da existencia dessas facilidades, ele ainda é  vendido em qualquer banca de jornal ou lojas de conveniências. Custa £5.50 e tem em vários tamanhos. Para quem é old-school, gosta do papel e gostaria de aprender mais a se localizar em Londres, ele ainda quebra um galho danado!

Já com o uso dos smartphones, basta conectar em algum Hotspot wi-fi e acessar www.streetmap.co.uk, que é uma versão digital desse mesmo livro, ou  acessar o Googlemaps digitando o nome da rua ou o Postcode (CEP)! Bingo!

Uma dica valiosissima para andar em Londres, no sentido de planejar suas jornadas pela cidade, saber quais ônibus e linhas de metrô pegar para chegar ao seu destino é fazer uso do aplicativo Citymapper! Esse aplicativo é simplesmente fantático. Basta você colocar o endereco ou postcode do destino que ele, usando a sua localização, irá te mostrar todas as opções de transporte público para chegar lá, incluindo o horario de partida em tempo real dos ônibus, metrôs e trens! Confira.

Viajando Barato pela Inglaterra


Sem dúvida, uma das melhores opções para se viajar barato pela Inglaterra é viajando pelo Megabus ou comprando passagens de trem com bastante antecedência.
O Megabus é uma empresa de ônibus que oferece passagens para diversas cidades da Inglaterra por até £1 (+50p de taxa)! Basta comprar a passagem com um pouquinho de antecedência!
O site do Megabus é https://uk.megabus.com
Aproveitem!

Dicas de Turismo


Chegou em Londres e quer ver o que há de mais interessante? Recomendo imediatamente a você pegar o ônibus de turismo chamado Original Tour, custa 17,50, ele passa por todos os principais pontos turísticos de Londres, ainda tem a vantagem de você poder descer em qualquer destes lugares, voltar e pegar o ônibus novamente pois eles são circulares e são varios. Acesse o site para mais informações! Recomendo mesmo!

Eu pessoalmente recomendo reservar pelo menos 5 a 7 dias para conhecer Londres, o ideal mesmo seria 1 ano! Passar por todas as estações, pois cada uma delas transforma essa cidade!
Existem milhares de opções para conhecer e aproveitar o que essa cidade milenar tem a oferecer: fantásticos museus, parques urbanos como o Hyde Park a o Regent's Park, teatros com espetáculos da Broadway, galerias de arte com obras dos mais famosos artistas da humanidade, pubs históricos como o The Churchill Arms one o ex primeiro ministro Churchill costumava beber com os amigos, cafés. shows e concertos, feiras de rua ricas em objetos curiosissimos, mercados imperdíveis de se visitar como o de Borough Market as sextas-feiras e sábados, livrarias com livros a preços incomparavelmente mais baixos do que no Brasil.

Claro, a maioria das coisas querer dinheiro, mas nada que vá deixa-lo(la) de carteira vazia! De qualquer forma, há muitas alternativas gratuitas como por exemplo, os museus, que são praticamente todos de graça (eu particularmente recomendo o Victoria & Albert em South Kensigton)!

Uma dica extra vai para aqueles que realmente gostam de explorar o lugar ao máximo, ao espirito Indiana Jones! Aqui vai a dica, SECRET LONDON, acesse http://www.secret-london.co.uk, esse site você te ajudar a encontrar diversas curiosidades sobre Londres, ruas escondidas, lugares extintos, pubs "secretos", todo tipo de curiosidade que uma cidade milenar como Londres tem a oferecer! Aproveite! cada esquina de Londres tem uma história para contar!

Dica 1: Para obter extra informações turisticas sobre Londres e redondezas, visite o Britain & London Visitor Centre que fica na 1 Regent Street, descendo 200 metros do chafariz "Estátua de Eros" em Piccadilly Circus. Vale a pena. Atenção ao horário de funcionamento: seg/sex das 9h-18h30 e sáb/dom das 10h-16h.
Há também um ponto novo e localizado da famosa praça de Leicester Square, (lê-se Leister Square), é o London Information Centre, aberto diariamente das 8h-12h apenas. Existem ainda mais dois outros postos de informações, um fica próximo a catedral de St. Paul's aberto seg/sáb das 9h30-17h30, e o outro na estação de St. Pancras, onde fica o Eurostar.

Dica 2: Como todos sabem, Londres foi e continua sendo uma cidade onde grandes personalidades moraram ou ainda moram, além ter sido local
de eventos que mudaram a história.
Em 1986 nasceu a idéia de se instalar uma placa azul, em inglês, blue plaque, em todos os espaços públicos para celebrar a ligação entre aquele local e uma pessoa ou evento famoso.
Andando pelas ruas de Londres você poderá encontrar em diversos locais, principalmente em casas as famosas placas azuis, indicanco por exempo "Mahatma Gandhi 1896-1948 lived here as a law student"! Alguns desses locais estão abertos para visitas, outros não, são hoje propriedade particular de alguém.
Se você se interessa pelo assunto e quem sabe gostaria de conhecer o lugar onde alguma personalidade que você admira morou, trabalhou etc, essa é uma boa oportunidade!

A lista das Blue Plaques com seus devidos endereços você encontra no seguinte site:
http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_blue_plaques

Boa caçada!

Introduzindo Londres!

Seja bem vindo a uma das cidades mais cosmopolitas do planeta! Aqui você vai se deparar com uma diversidade de raças e línguas como em quase nenhum outro lugar do mundo. Verá e conhecerá lugares que até então só pertenciam aos seus livros de história e as notícias do Jornal Nacional!
Eu particularmente sou encantado com essa cidade! A qualidade e eficiência do transporte público, a segurança e tranquilidade nas ruas, a diversidade cultural, a história, o desenvolvimento, tudo é excepcional.
Visitar Londres é um investimento que você faz a sua viagem a Europa, ou melhor, é um investimento a sua vida. Ao chegar aqui, faça boas fotos, mas ao mesmo tempo, guarde a câmera por um instante e preste atenção ao que está ao seu redor, debaixo dos seus pés e acima da sua cabeça, pois cada esquina, cada rua, cada ponte tem um riquíssima história por de trás, além dos detalhes arquitetônicos, que para os menos atentos acabam passando despercebidos, infelizmente.
Londres é uma cidade muito fácil de se localizar, pricipalmente utilizando o mapa do metrô, que cobre toda a cidade.

Londres é dividida por zonas, que comecam pela zona 1, bem no “miolo” da cidade até periferia, zona 9! Claro, os principais atrativos turisticos estão na zona 1, pois é a parte mais velha da cidade, onde tudo começou, mas um bom explorador irá perceber que nas demais zonas há muitas coisas para serem visitadas também, como o cemitério de Highgate onde você poderá visitar o túmulo de Karl Marx dentre outros famosos!

Informações e Serviços:
Fuso horário: +2 horas em relação a Brasília.
DDI: 44
Telefone de emergência para Polícia, Ambulância e Bombeiros: 999
Voltagem: 220V
Plug: Três pinos, padrão inglês (diferente do continente) (o adaptador é fácil de comprar na rua ou em super-mercados).

Chegando no Aeroporto (Heathrow)

Chegando no aeroporto, o que fazer? para onde ir?

Praticamente todos os voos intercontinentais aterrizam nos Aeroportos Heathrow ou Gatewick, normalmente quem vem no Brasil chega pelo Aeroporto Heathrow, pelo Terminal 3!

Aqui vão algumas dicas para vc que acabou de chegar ao Aeroporto Heathrow, o aeroporto com a imigração mais perversa de todas.

Só para seu conhecimento, Londres tem 5 aeroportos: Heathrow, Gatewick, City, Stansted e Luton. O Heathrow e o City tem as suas próprias estações de metrô, ou seja, muito prático de chegar nos mesmo, os outros aeroportos não tem essa facilidade, mas são acessíveis via trêm, ônibus ou carro. 

Como as chances de vc chegar pelo Heathrow são de 99%, então vou lhe explicar como sair de lá e ir ao centro de Londres (já que o aeroporto fica na zona 6, bem afastada do centro) por 4 opções.

Primera opção: Heathrow Express! Um trem rápido que faz os trechos Heathrow-Paddington-Heathrow custa £18.00, por cabeça, e te leva em apenas 15 minutos do aeroporto até a estação de Paddington, que fica relativamente no centro de Londres. O aeroporto é bem sinalizado de forma que vc encontrará facilmente o acesso ao Heathrow Express.

Segunda opção: Táxi! Logo na saída do aeroporto vc vai encontrar diversos táxis ociosos por passageiros, os tradicionais Black Cabs ingleses! Esqueça-os, são muitos caros, vão lhe custar em torno de £70 libras para te levar ao centro de Londres.
A melhor opção, tão boa quanto e muito mais econômica, são os Minicabs, que de mini não tem nada. São carros normais com licença para táxi, tipo os que temos no Brasil. Vão lhe cobrar entre £30 a £40 libras para te levar ao centro, mas é necessário ligar para a companhia e pedir o Minicab, (é bom ter a mão o endereço do destino, só o Post Code (CEP) já é o suficiente). Digite “minicab heathrow” no Google e vc vai encontrar diversas empresas! ATENÇAO: NAO PEGUE MINICABS NO AEROPORTO QUE NAO TENHAM SIDO MARCADOS COM ANTECEDÊNCIA PELO TELEFONE. 

Nos dias atuais, o bom e velho UBER é o mais usado, simples, prático e barato!

Terceira opção: Metrô (Underground). O aeroporto Heathrow é servido por 3 estações de metrô da linha Piccadilly, uma das maiores linhas de metrô de Londres com 53 estações! Com certeza vai te tirar de lá e te levar a algum lugar! rs.
Logo antes de passar na catraca do metrô, vc vai ver a máquina para a compra do ticket e um guichê. Dirija-se a maquina touch-screen, escolha o idioma desejado e compre 1 ticket single, zone 1-6, custa £12. Pague com dinheiro, de preferência com nota de baixo valor, pois o troco será em moedas, ou com seu cartão de crédito. Caso tenha dificuldades com a máquina, vá ao guichê e fale com o funcionário, explique que vc deseja um ticket single zone 1-6, em inglês: “Can I have a single ticket zone 1 to 6, please!”

Quarta opção! Night bus! Essa é para quem chegou depois das 00:30, horário que não tem mais metrô nem Heathrow Express funcionando, nem está com dinheiro nem pra Minicab ou UBER!
Vá de ônibus noturno, o chamado Night Bus. 
O Night Bus N9 sai do Heathrow e vai até o centro de Londres, passando por Hounslow – Brentford – Hammersmith – Kensington – Piccadilly Circus e finalmente chagando em Aldwych. Para ter acesso com mais detalhes sobre o intinerário e horários, acesse: